Prezados(as) pesquisadores(as) brasileiros(as) no Reino Unido,

Dadas as notícias relacionadas a crítica situação orçamentária do CNPq [1,2], a diretoria da Abep-UK entrou em contato com a agência de fomento solicitando maiores informações sobre o pronunciamento emitido pelo presidente da instituição,  divulgado na última quarta-feira, 02 de agosto de 2017. Em resposta ao e-mail enviado, recebemos, daquela assessoria de comunicação, a seguinte mensagem, no dia 04 de agosto de 2017:

“O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), como órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) destaca o papel da pesquisa científica, imprescindível para o desenvolvimento econômico e social de qualquer país, como demonstra a história. Portanto, o CNPq, em conjunto com o MCTIC, trabalha pela recomposição orçamentária, atuando junto aos Ministérios da Fazenda e do Planejamento pelo descontingenciamento de recursos, que afetaram os diferentes órgãos do Governo Federal.

Enquanto o CNPq aguarda o repasse de novos recursos, também permanece empenhado na recomposição do orçamento e de novas soluções para dar continuidade às suas atividades de fomentar a ciência, tecnologia e inovação.

O Ministro Gilberto Kassab recebeu o Presidente do CNPq, Prof. Mario Neto Borges, na tarde desta quarta-feira e reafirmou o compromisso de trabalhar com o Ministério do Planejamento e Presidência da República para que não haja qualquer prejuízo às ações de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Coordenação de Comunicação Social do CNPq”

cnpq.jpg
Sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Foto: CNPq

Consideramos a resposta recebida insuficiente por não explicitar as prioridades do CNPq no momento. O órgão assegura a manutenção dos contratos de bolsa vigentes? Assim, informamos que continuaremos acompanhando notícias e seguimos dispostos a incitar diálogos. Convidamos, inclusive, bolsistas e pesquisadores a se juntarem a nós e cobrar respostas mais conclusivas do CNPq.

Importantes entidades brasileiras, como SBPC, ABC e ANPG têm se manifestado em relação ao corte de verbas sofrido pela ciência brasileira. A Abep-UK junta-se a elas. Ressaltamos que aquelas instituições começaram campanhas para promover a recuperação dos recursos até agora perdidos [3,4]. Recomendamos, fortemente, o apoio a esses movimentos.

Comprometemo-nos a seguir buscando e divulgando informações sobre a situação orçamentária do CNPq assim que mais informações concretas estiverem disponíveis.

 

Atenciosamente,

Diretoria Abep-UK

2017-2018